cursor

sexta-feira, 25 de abril de 2008

A Escola Almirante Renato Guillobel foi criada com o nome de Escola Reunida Almirante Renato Guillobel, em 1955, pelo Governador do Estado, Marechal Alexandre Zacarias de Assunção. Seu nome advém da homenagem prestada ao Almirante Renato de Almeida Guillobel, insigne militar da Marinha de Guerra do Brasil, que muito colaborou e incentivou as pesquisas da Amazônia. Instalada no dia 26 de março de 1955, sua primeira diretora foi a Professora Celeste Soares Beira Pantoja.
Em 25 de junho de 1964, o prédio foi amplamente reformado pelo Governador do Estado, na gestão de Alacid da Silva Nunes, e pela BNVC, cujo comandante era o CMG Otávio Leopoldo do Amaral Sabóia.
Em novembro de 1991, o Vice-Almirante Domingos Alfredo da Silva, comandante do 4º Distrito Naval, com o fito de elevar o nível da Escola em todos os aspectos possíveis, assinou o convênio com o governo do Estado. O então Governador, Exmo. Sr. Jader Fontenelle Barbalho, através da Secretaria de Educação, representada por seu titular Professor Romero Ximenes Pontes, fez profundas alterações no processo de ensino-aprendizagem e disciplinar da Escola, entregando esta responsabilidade ao Professor Valdemir de Oliveira, na função de Diretor, que vem administrando a Escola, procurando mantê-la fiel aos princípios estabelecidos pelas bases iniciais do referido convênio.



Um comentário:

Antonio da Padua Beira Pantoja Júnior disse...

Olá.
Celeste Soares Beira Pantoja foi minha avó.

Antonio de Padua Júnior.